3 sinais de que a Saúde do seu Município vai mal [e pode piorar]!

3 sinais de que a Saúde do seu Município vai mal [e pode piorar]!

Obviamente, você tem todo o interesse de que a saúde do seu município (os indicadores Saúde) melhore com a sua gestão, disso eu não tenho dúvidas. Fique de olhos bem abertos!   Porém, com a correria do dia-a-dia, é muito provável que você não se atente a 3 sinais que podem estar indicando o contrário: O seu município pode estar seguindo ladeira abaixo.   Não se preocupe, com este artigo, você conseguirá identificar se o seu município está sob risco e terá condições de tomar ações para correções de rumo.    

Sinal #1: Você oferece exames demais aos seus pacientes!

Parece contraditório, mas é isso mesmo! Diversos estudos confirmam que 85% dos problemas de saúde do seu município poderiam ser resolvidos sem nenhum tipo de exame complementar – apenas com uma consulta, orientações e prescrição! Eu sei que a culpa não é (só) sua, e que existe uma série de fatores envolvidos (seja de conduta profissional e/ou de cultura dos seus pacientes) que fazem com que a Solicitação de exames seja além do habitual e que transforme a sua Secretaria de Saúde em um Caldeirão de Gastos.

.
E-Book – 3 sinais de que a Saúde do seu Município vai mal [e pode piorar]!

3 sinais de que a Saúde do seu Município vai mal [e pode piorar]!

3 sinais de que a Saúde do seu Município vai mal [e pode piorar]!

O pior de tudo, nesse Sinal #1 é quê você nem acompanha esse importante indicador. Você nem sabe o quê está acontecendo…! Isso é que torna a situação ainda mais grave.

Note na imagem que é possível identificar um claro padrão de aumento na solicitação de exames laboratoriais nos meses de Setembro e Outubro/2013, apenas olhando para o gráfico.

E-Book – 3 sinais de que a Saúde do seu Município vai mal [e pode piorar]!

 

Sinal #2: A sua Atenção Básica é deficiente!

Como havíamos dito, 85% dos atendimentos de uma população deveriam ser resolvidos na Atenção Básica, com procedimentos de Baixa Complexidade e de custo Zero (R$0,00) para o seu município. Apesar de ser um dos mais importantes indicadores de uma boa assistência na saúde, você (Secretário de Saúde) não está avaliando mensalmente o percentual da sua população que é atendida nesse nível de atenção (chamado de Atenção Básica, ou Baixa Complexidade). Muitos municípios tem sofrido com uma assistência de saúde que não tem condições de suportar, financeiramente. Na foto abaixo, note que o município apresentado apresenta baixíssimo percentual de atendimento dos seus pacientes na Atenção Básica (apenas 38% – quando o ideal seria 85%) e um elevadíssimo percentual de atendimentos na Alta Complexidade (quase 30% – quando o ideal seria em torno de 5% a 7%) – o que indica uma péssima assistência, uma péssima Gestão.

3 sinais de que a Saúde do seu Município vai mal [e pode piorar]!

3 sinais de que a Saúde do seu Município vai mal [e pode piorar]!

Olhando mensalmente para o gráfico, você teria condições de reunir-se com seus colaboradores criando metas claras para o problema encontrado – Não deixe de acompanhar mensalmente este indicador.

Sinal #3: Sua produção está caindo, e você nem sabe!

Você já viu a quantidade de formulários que existem no SUS? Já perguntou a um dos seus profissionais quantos quadrinhos ele tem que marcar no BPA (Boletim de Produção Ambulatorial)? Já notou a quantidade de novos formulários que o SUS cria a todo momento, burocratizando o atendimento tanto dos médicos, dos Enfermeiros e de outros profissionais? Se não, viu, é bom você avaliar, pois é bem provável que esses procedimentos deixem de, efetivamente, ser anotados, reduzindo a Produção do seu Município.

3 sinais de que a Saúde do seu Município vai mal [e pode piorar]!

3 sinais de que a Saúde do seu Município vai mal [e pode piorar]!

Com isso, o seu faturamento fica reduzido e ocorre uma queda constante no faturamento/Produção do seu município. Aliás, responda-me: > Você já observou se a produção ambulatorial do seu município está aumentando? (Não sabe?). > Você tem notado alguma queda no registro de produção Ambulatorial? Note no gráfico que no município de exemplo, há uma queda na produção nos dois últimos meses – o que já deveria ser um sinal de alerta para você, Gestor, e para toda a sua equipe de colaboradores.

 

Indicadores Saúde: Aumento de Exames, Alta Complexidade, Produção em Baixa.

Em uma rápida avaliação rápida nos Indicadores de Saúde, você notou:

  • Um aumento exagerado e inconstante na solicitação de exames laboratoriais;
  • Uma elevada concentração de procedimentos na Média e Alta complexidade;
  • Uma queda constante e progressiva na sua produção ambulatorial.

 

Uma conclusão (nossa) mais surpreendente: >> Esses dados e Indicadores de Saúde SÃO REAIS! Não são dados fictícios. Eles são dados da Base de dados oficial de procedimentos enviados ao DATASUS – será que são da sua cidade? Espero que não sejam.

 

E-Book – 3 sinais de que a Saúde do seu Município vai mal [e pode piorar]!

 

E então, o quê achou?

Gostou desse artigo e acredita que ele pode ajudar um amigo Gestor do SUS a detectar os 3 sinais de que sinais de que a Saúde do seu Município vai mal? Compartilhe-o nas redes sociais.

Vejo você no próximo artigo.

Shares
Share This

Gostou? Compartilhe!

Compartilhe esse post com amigos!

Compartilhe!

Compartilhe esse post com amigos!

This is a demo store for testing purposes — no orders shall be fulfilled.