De que sua empresa precisa para transformar clientes em fãs?

De que sua empresa precisa para transformar clientes em fãs?

Você sabe o que uma religião, um time de futebol, um filme e uma marca bem-sucedida têm em comum? Todos sabem contar boas histórias. A religião, por exemplo, independente de qual ela seja, possui seus livros sagrados e os seus rituais. Os times de futebol não são diferentes. Histórias são contadas e recontadas de geração para geração com seus craques, títulos e conquistas.

Converse com um fã de Star Wars ou com um apaixonado pela Apple por 15 minutos sobre esses temas e você vai escutar boas peripécias de como Skywalker ou a maçã mordida conseguiram auxiliar os seus mundos.

Reparou em uma coisa? Todos esses elementos nos dão a sensação de pertencermos a um grupo e nos engajam a segui-los mais. O compartilhamento de histórias, sentimentos e experiências, aliás, está na base da cultura humana e é um elemento condicionado até mesmo por nossa fisiologia.

Na Administração e no próprio dia a dia das empresas e dos profissionais não é diferente. A arte de contar histórias pode ser aplicada para mostrar o posicionamento da marca junto aos consumidores, vender produtos, serviços, ideias e aproximar as pessoas das empresas. No lado profissional, ela pode estar relacionada ao poder de convencimento (e persuasão) em uma negociação, nas apresentações, em uma promoção, na liderança etc.

Claro, não é garantido que uma história conquiste a atenção das pessoas, principalmente se considerarmos o volume de informações diárias – aliás, é nesse contexto que as boas narrativas e a criatividade se sobressaem. O certo é que empresas que sabem contar boas histórias são aquelas que estão na ponta de seus mercados.. aquelas que transformaram seus clientes em fãs.

 

Mas o que uma história precisa ter?
Recentemente, na revista Administradores, abordamos o tema storytelling e como a arte de contar histórias pode ser uma implacável conquistadora de corações e mentes. Na edição, o repórter Eber Freitas aponta cinco interessantes passos sobre o que uma boa história precisa ter.

 

VEJA TAMBÉM
TV Administradores | Saiba por que sua empresa precisa contar histórias

1. Uma situação extraordinária ou quebra de rotina. Algo que vai fazer a personagem principal deixar o cotidiano para realizar um feito épico.

2. Um ou mais personagens. Pessoas que irão em busca de algo além do comum. O personagem principal deve ser alguém com quem o público possa se identificar.

3. Um antagonista. Uma situação, pessoa ou grupo que irá fazer frente ao personagem principal e tentar impedir a todo custo o seu avanço.

4. Sentimentos. Para mexer com a emoção das pessoas, a história deve ser como uma música, misturando momentos de calmaria, tensão, alegria e melancolia.

5. Roteiro. A estrutura é essencial para que a história não perca de vista o seu propósito. O roteiro deve ter começo, meio, clímax e fim, intercalando plot points (momentos que darão sentido à narrativa).

Recomendado
Caso você tenha mais interesse sobre o assunto, recomendo a leitura da reportagem completa A incrível arte de contar histórias (pág. 38).

Shares
Share This

Gostou? Compartilhe!

Compartilhe esse post com amigos!

Compartilhe!

Compartilhe esse post com amigos!

This is a demo store for testing purposes — no orders shall be fulfilled.