Doutor, cuidado! Sua Secretária está trocando seus prontuários!

Doutor, cuidado! Sua Secretária está trocando seus prontuários!

Nós médicos sabemos com é importante, por Lei (nº 1.6382), o preenchimento e organização correta dos prontuários dos nossos pacientes.

No entanto, as deficiências dos Prontuários de Papel, relacionadas, de início, ao cadastro do paciente, irão comprometer de maneira ética a qualidade do seu trabalho. Confira agora mesmo o perigo que você está correndo!

Tenha uma recepção eficiente. Tenha um Consultório eficiente.

Início do Problema: Cadastros mal feitos!

Em dias normais, onde sua agenda não está nem mesmo tão lotada, ao fazer o cadastramento do paciente manualmente (procedimento demorado), suas Secretárias, para agilizar o atendimento e dessobrecarregar a recepção da Clínica, farão frequentemente abreviações de nomes e deixaram alguns dados de preenchimento do paciente para trás, como sexo, data de nascimento, nome da mãe e dentre outros.

E ao longo do dia, à medida que você atende mais pacientes, suas Secretárias vão, por natural e iminente cansaço, tornando o cadastramento (identificação do prontuário) cada vez menos específico.

Além do mais, uma papelada enorme de prontuários cresce e fica praticamente impossível organizá-los.

Mas o perigo está, silenciosamente, em outro lugar!

Doctors examining a file together at the office

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Você já parou para pensar quantos dos seus pacientes se chamam “José Silva, “Maria Helena” ou “Luiz de Almeida ?”

Com a existência de cadastros incompletos, cheios de nomes com mesma escrita (homônimos) e abreviados, acaba sendo extremamente difícil distinguir os Prontuários de Papel.

Por exemplo, três dos seus pacientes se chamam “Manoel Pereira da Silva”, como distinguir o Prontuário de Papel de cada um destes pacientes em meio a uma identificação incompleta (cadastro pouco específico)?

E o problema só têm a crescer, pois como suas Recepcionistas buscam o prontuário de muitos pacientes para que eles possam ser atendidos, um erro sequer de organização, ou até mesmo uma simples “troca”, fará com que você atenda um paciente utilizando o prontuário do outro!

Mas devemos ser francos e ressaltar que essas possíveis “trocas de prontuários” não estão ligadas com a má vontade de suas Recepcionistas, mas sim com uma marca registrada do Prontuário de papel: cadastros incompletos e desorganização, verdadeiras pilhas de papéis para se dizer a verdade.

Duplicação dos Prontuários de Papel: Um mal iminente!

 

Também não podemos nos esquecer que nomes de mesmo significado ou abreviados, cadastros mal feitos e dificuldade de organização (pilhas de Prontuários de Papel), ocasionarão de forma iminente na duplicação de prontuários para um mesmo paciente.

Portanto, bastando encarar os fatos, indiscutivelmente todos os Prontuários de Papel deixam a desejar em dois pontos indispensáveis: identificação e organização.

A falta dessas características são cruéis, ao ponto de fazer com suas Recepcionistas percam de vista o prontuário de cada paciente seu.

Agora, pense com cuidado:

“Por causa da dificuldade de distinguí-los e encontrá-los, quantos dos Prontuários de Papel dos seus pacientes já foram trocados ou duplicados (refeitos)?”

Continue lendo e saiba como ter prontuários únicos e seguros para cada paciente seu.

Prontuários organizados e seguros, eu quero!

 

Agora, devemos ser francos, nos quesitos identificação, organização e segurança, os Prontuários Eletrônicos não deixam a desejar.

Nenhuma Secretária ou Recepcionista ficará transportando o prontuário de qualquer paciente durante o dia e por isso, nenhuma troca irá acontecer.

O cadastramento é extremamente completo e fácil de se fazer, além do mais, o próprio Sistema informa para a sua Secretária quando algum dado importante do paciente é deixado para trás.

E não se esqueça, existem Prontuários Eletrônicos únicos e seguros. Um ótimo exemplo é o MeuProntuário, que evita automaticamente que sua Secretária cometa o erro de duplicar um prontuário ao refazer um cadastro já existente.

Existe uma funcionalidade específica no Sistema que protege você e sua Clínica, não permitindo que esse grave erro aconteça.

Veja o exemplo na imagem abaixo:

Não duplicação de Prontuários 4.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Também não há de se negar que Prontuários Eletrônicos são bem organizados (guardados) e extremamente compacteis (não ocupam espaço).

Correria na recepção, tumulto e necessidade de suas Recepcionistas ter de ficarem transportando vários Prontuários de Papel durante o dia, não existe em uma Clínica que utiliza Prontuários Eletrônicos.

Enfim, para que não ocorra nenhuma troca e duplicação de prontuários, além de desordem na sua recepção, você e sua Clínica devem fazer uso de um Sistema de Prontuário Eletrônico completo, organizado e seguro!

E aí, o que achou?

Antes de mais nada, gostaria de saber a sua opinião, deixe seu comentário e enriqueça este Blog.

Você, profissional médico, depois da leitura do nosso breve artigo, ficou claro, por questões de segurança e organização, como é extremamente necessário fazer uso de um Prontuário Eletrônico!

Pense bem, reflita sobre o assunto, e se precisar de ajuda, não exite em falar conosco!

 

 

Dr. Leonardo Alves
Siga-me

Dr. Leonardo Alves

Médico, Cardiologista, Estudioso de SUS e Informática médica.
CEO/Diretor da empresa MeuProntuário.net.
Dr. Leonardo Alves
Siga-me
Shares
Share This

Gostou? Compartilhe!

Compartilhe esse post com amigos!

Compartilhe!

Compartilhe esse post com amigos!

This is a demo store for testing purposes — no orders shall be fulfilled.