Guia do Secretário de Saúde: saiba como gerenciar bem seu tempo.

Guia do Secretário de Saúde: saiba como gerenciar bem seu tempo.

Dentre as inúmeras dúvidas que podem surgir acerca dos primeiros dias como novo secretário de saúde de um município, estão aquelas relacionadas à produtividade. Afinal de contas, na gestão pública, juntamente com um cargo de grande responsabilidade vêm a necessidade de executar um sem fim de tarefas administrativas, decisões que irão afetar todos os profissionais envolvidos e, em maior proporção, toda as demandas de uma cidade que espera um atendimento médico eficiente e de qualidade na Gestão SUS.

 

Diante desta questão, um quesito se destaca quando o assunto é planejamento e organização da rotina de trabalho diária: a gestão do tempo. Você, aliás, se preocupa com seu desempenho profissional neste sentido? Lembre-se de que estará lidando com a gestão pública e das políticas da saúde pública em um nível municipal. Desta maneira, a captação e a destinação de recursos financeiros e materiais, a gestão pública da atenção básica de saúde, a comunicação com os usuários do serviço do SUS e com os principais órgãos de administração pública do município, por exemplo, serão ações cotidianas que irão exigir um bom nível de organização pessoal – e de gerenciamento de tempo, é claro.

Benefícios da Informatização? O Gestor Informatizado! Convença sua equipe? Como Licitar.

Para otimizar sua rotina de trabalho no dia a dia e facilitar seu processo de adaptação ao novo cargo, separamos algumas dicas eficientes de gestão de tempo. Confira e aumente sua produtividade ao máximo!

E-Book – 3 sinais de que a Saúde do seu Município vai mal [e pode piorar]!

 

Antes de tudo, defina claramente suas metas

Essencial para qualquer profissional que deseja organizar seu tempo, esta etapa se torna ainda mais importante quando a função em questão está relacionada à administração pública – o que é seu caso, claro. Como primeira medida, estabeleça quais são os seus objetivos a serem alcançados em alguns meses ou nas próximas semanas e anote-os em uma folha que deve ser deixada à vista. Sem um direcionamento principal, não há gerenciamento de tempo que dê resultados – principalmente se você é novato na posição e precisa de foco e orientação nos primeiros momentos e para a solução de diversos problemas de saúde.

E-Book – 3 sinais de que a Saúde do seu Município vai mal [e pode piorar]!

 

Liste suas tarefas diárias por prioridade

Sim, um planejamento somente a longo prazo não adianta – para chegar lá, é preciso que você se organize diariamente, passo a passo. Fazer uma lista diária das atividades e compromissos a serem cumpridos é uma dica básica que opera milagres na jornada de trabalho. A relação pode ser feita tanto em uma agenda convencional quanto em seu tablet, notebook e outros dispositivos: o importante é que você liste suas tarefas por ordem de prioridade, começando sempre pela mais importante. Esta estratégia permitirá que você monitore o andamento do trabalho efetivo ao invés de perder tempo com questões pequenas que não têm tanta relevância.

E-Book – 3 sinais de que a Saúde do seu Município vai mal [e pode piorar]!

 

Tomar decisões – o segredo da Gestão Pública no SUS

Grande parte da sua função enquanto secretário da saúde envolverá a tomada de decisões. Além de crucial para  definir os rumos da saúde pública municipal, saiba que esta atitude também tem tudo a ver com um bom gerenciamento de tempo e com a sua produtividade. Não há nada que possa te isentar de tomar decisões erradas às vezes, mas postergar esta tarefa – seja ela de pequeno ou grande impacto – só irá atravancar o seu dia e afetar os demais compromissos. Diante de um problema a ser resolvido, uma técnica que funciona é aplicar as perguntas clássicas de “o quê, quando, por quê, quem, onde e quanto”. Encarada a questão e respondidas as perguntas, tome a decisão que lhe parecer mais adequada e coerente com as especificidades da população e do governo locais. Se estiver em dúvida, pesquise o histórico do SUS em busca de problemas e resoluções similares e recorra à ajuda de outros órgãos municipais.

 

Considere informatizar o sistema de saúde da cidade

Promover a informatização do sistema de saúde do município é uma alternativa eficiente para diminuir o tempo gasto com o registro de dados e a identificação da incidência e da prevalência de doenças nos limites da cidade, por exemplo. A utilização de um prontuário eletrônico no SUS não só promove a integração entre os postos e centros de saúde da cidade, como também aumenta a eficiência e a produtividade da sua equipe, reduzindo tempo e esforços.

A ação pode ser feita através dos cadastros do SUSCADSUS, e a automatização do serviço não apenas agiliza os processos, mas ainda melhora a qualidade do atendimento e do armazenamento dos dados públicos de saúde que são de extrema importância para que você possa avaliar o panorama geral da saúde do município.

E aí, gostou das nossas dicas? Já aplicava alguma estratégia de gestão de tempo no seu cotidiano de secretário de saúde? Lembre-se que o compartilhamento das suas experiências e opiniões é valioso para este blog – não deixe de comentar!

E-Book – 3 sinais de que a Saúde do seu Município vai mal [e pode piorar]!

Dr. Leonardo Alves
Siga-me

Dr. Leonardo Alves

Médico, Cardiologista, Estudioso de SUS e Informática médica.
CEO/Diretor da empresa MeuProntuário.net.
Dr. Leonardo Alves
Siga-me
Shares
Share This

Gostou? Compartilhe!

Compartilhe esse post com amigos!

Compartilhe!

Compartilhe esse post com amigos!

This is a demo store for testing purposes — no orders shall be fulfilled.