Novato no SUS? Confira 6 dicas indispensáveis de gestão pública

Novato no SUS? Confira 6 dicas indispensáveis de gestão pública

Você foi nomeado para um cargo importante e de grande visibilidade. A saúde é o primeiro tópico em importância na opinião dos brasileiros, e o gestor desta área tem uma enorme responsabilidade nas mãos: de seu desempenho, depende o bem-estar de toda uma comunidade. Por isso, é preciso estar preparado para utilizar toda esta visibilidade que a função de Secretário de Saúde proporciona de uma maneira positiva no seu dia a dia profissional.

Diante deste quadro, a gestão de cunho público possui certas peculiaridades – a responsabilidade, neste caso, é claramente maior para estes gestores, que irão lidar com os anseios, necessidades e expectativas da população. Vale ressaltar que é importante estar ciente de que as dificuldades no caminho serão inúmeras (melhoria na estrutura das UBS’s até a Implantação do Prontuário eletrônico), o que demandará estudo e dedicação. Acompanhe 6 dicas imprescindíveis de gestão pública que irão auxiliá-lo a assumir, com eficiência, o comando da Secretaria de Saúde:

 

Benefícios da Informatização? O Gestor Informatizado! Convença sua equipe? Como Licitar.

 

Planejamento é fundamental

Sem ele, nada sai do papel. Mais do que a elaboração de documentos, é preciso que seja adotada uma estratégia a longo prazo, e não apenas imediatista visando seus quatro anos de gestão. Sim, é fundamental planejar – mas devem ser ações que se sustentem em 10, 20, 30 anos. Afinal, qual é o legado que você quer deixar? Qual lembrança de sua gestão esta geração terá e de que forma ela falará dos serviços de saúde do seu governo para a próxima?

Para que o planejamento funcione conforme o esperado, é preciso adotar planos de ação para cada ponto formulado e, principalmente, fiscalizar o andamento do processo. Neste nosso artigo anterior, enfatizamos a importância de se delegar tarefas e deixá-las nas mãos de quem realmente entende do assunto. No entanto, em certas ocasiões, é preciso conferir in loco os resultados.  De fato, a administração que envolve a comunidade não se faz somente pelo telefone ou do gabinete: é preciso ter contato com a população para se ouvir as necessidades reais e definir prioridades.

E-Book – 3 sinais de que a Saúde do seu Município vai mal [e pode piorar]!

 

Corrupção: tolerância zero

Montar uma equipe motivada, competente e confiável é o desejo de qualquer gestor. Afinal, não basta se empenhar se sua equipe não colabora. Mais do que isso, é preciso puxar para si a responsabilidade de manter uma gestão transparente e que inspire a confiança da população. Caso contrário, nenhuma das regras aqui – mesmo que bem aplicadas – funciona. Os processos precisam estar claros tanto para os servidores, como para a população. O gestor público tem o dever de informar cada passo que avançar no exercício do cargo, já que seu salário é pago com a arrecadação do povo.

Neste contexto, cada membro de sua equipe deve refletir esta filosofia.  Aqui, o que vale é o velho ditado de “uma maçã podre no cesto contamina o restante”. Fiscalizar os processos, punir e afastar pessoas de comportamento suspeito faz parte do ofício. Basta uma dúvida pairando sob um bom trabalho para que todo o resto seja derrubado. Transparência é indispensável!

E-Book – 3 sinais de que a Saúde do seu Município vai mal [e pode piorar]!

Seguir o orçamento proposto

Na maioria dos casos, o gestor assume o cargo com muitas ideias em mente e quase nada em caixa. Ou ainda se depara com dívidas deixadas como herança e que parecem difíceis de serem sanadas. O conselho é exatamente o que foi explicado no primeiro passo: planejamento. Defina prioridades, ouça a população, vá a campo para avaliar os estragos e converse com sua equipe o que pode ser feito. Nada de “chorar o leite derramado”:  é preciso que cada um traga uma sugestão e, em conjunto, todos definam um plano de ação para o problema.

Porém, muito cuidado ao assumir riscos. Há dinheiro suficiente em caixa? Se não, qualquer estouro no orçamento coloca em risco o planejamento a longo prazo e, pior, pode gerar dúvidas sobre a administração do dinheiro público. Acompanhar o orçamento semanalmente é preferível para evitar surpresas no fim do mês.

E-Book – 3 sinais de que a Saúde do seu Município vai mal [e pode piorar]!

 

Buscar inovação

artigo_73188Continuar fazendo a mesma coisa e esperar resultados diferentes é um grande erro. Uma parceria entre o público e o privado pode trazer mais agilidade em processos engessados pela burocracia ou implantar uma solução local de uma ideia vista – e devidamente comprovada – em países em que o sistema de saúde é modelo também se enquadram aqui. Isso pode até ajudar no orçamento, principalmente se falta verba. Não se trata de reinventar a roda. Muitas vezes, é preciso pensar “fora da caixinha” para buscar soluções novas para velhos problemas. É normal que cada gestor queira imprimir sua marca no comando da equipe e no trabalho propriamente dito, mas, por outro lado, tenha humildade para reconhecer o que está indo bem e mantenha.

E-Book – 3 sinais de que a Saúde do seu Município vai mal [e pode piorar]!

 

Quem não se comunica…

Bater na tecla da comunicação com sendo indispensável para a gestão é “chover no molhado”.  Porém, quando se trata de uma administração pública, o cuidado deve ser redobrado. Informar o andamento dos trabalhos é mais do que uma técnica de administração – é um dever do gestor público à população. Assim, saiba como usar a comunicação a seu favor. A assessoria de imprensa pode ajudar neste caso e traçar uma plano de comunicação ao longo do ano, de acordo com suas realizações. Muitas vezes um excelente gestor não é bem avaliado pela população ou mesmo por sua equipe porque não comunica seus feitos. Isto se aplica também ao trabalho de sua equipe, assunto do nosso próximo tópico.

Premiar bons desempenhos

Assim como você gosta de receber elogios e divulga os bons resultados de seu trabalho, é preciso lembrar quem o ajudou a alcançar tais metas. Diferentemente das “panelinhas” , isso significa reconhecer por meritocracia. Quem faz mais (e bem feito), merece mais. O reconhecimento pode ser um curso que aprimore o conhecimento do funcionário, um espaço de destaque nos comunicados internos ou outra solução criativa que destaque a eficiência do trabalho realizado. Equipe motivada é o primeiro passo para que todos os outros tópicos funcionem sincronizados na rotina do trabalho.

E você, o que achou das nossas dicas? Já imagina de que formas elas poderão ajudá-lo no seu cotidiano de Secretário? Deixe seu comentário!

 

Dr. Leonardo Alves
Siga-me

Dr. Leonardo Alves

Médico, Cardiologista, Estudioso de SUS e Informática médica.
CEO/Diretor da empresa MeuProntuário.net.
Dr. Leonardo Alves
Siga-me
Shares
Share This

Gostou? Compartilhe!

Compartilhe esse post com amigos!

Compartilhe!

Compartilhe esse post com amigos!

This is a demo store for testing purposes — no orders shall be fulfilled.