Perigos do prontuário no papel

Perigos do prontuário no papel
Beneficios do Prontuário Eletrônico

Beneficios do Prontuário Eletrônico

Documento único e individual em que os profissionais da saúde registram e armazenam as informações médicas de cada paciente, o prontuário é sem dúvidas um dispositivo que demanda as maiores otimização, precisão e confidencialidade possíveis. É obrigação do médico gerar um prontuário e direito do paciente consultar estes dados quando necessário.

Tradicionalmente, este tipo de registro é feito em papel (fichas ou formulários preparados por cada profissional) e redigido à mão. A responsabilidade de guardar esta documentação também fica a cargo do médico. Mas diante das novas e aprimoradas ferramentas, frente à necessidade de organização da recepção e melhoria no Atendimento no consultório, será que este método é o mais eficaz? Entenda os principais perigos do prontuário no papel e descubra como novas tecnologias podem auxiliar no trato das informações de saúde!

Transforme as Rotinas do seu Consultório

 

Tenha uma Recepção Eficiente. Tenha um Consultório Eficiente.

 

Grafia manuscrita: o problema da ilegibilidade

As informações médicas do paciente demandam o máximo de precisão e legibilidade. Neste sentido, um grande perigo do prontuário de papel é a possibilidade de erros de grafia e dificuldade de compreensão destes laudos médicos. Como, no modelo tradicional, os dados são redigidos à mão pelos profissional da saúde, os riscos de interpretação equivocada e dificuldade de entendimento por outros especialistas que entrarem em contato com as informações (dificuldade que, inclusive, pode partir do próprio médico que as redigiu) são altos, o que compromete a precisão tão necessária nos processos de diagnóstico e tratamento.

Neste cenário, a grafia complicada do profissional pode chegar a impactar negativamente na qualidade do atendimento oferecido, problema que é sanado quando a clínica/hospital/centro de saúde opta pela informatização dos seus serviços.

Falta de integração e mobilidade

Se o prontuário é um documento que pretende congregar um histórico de informações médicas de um determinado paciente, fica claro que, como o prontuário no papel, esta função é difícil de ser cumprida. Isto porque o ideal seria que o profissional de cada segmento da saúde pudesse  acessar este material com facilidade, desde um clínico geral até um dentista ou um psicólogo. Deste modo, seria possível descobrir se o paciente tem alergia a determinado medicamento, se teve ou não doenças contagiosas e assim por diante. Todos estes benefícios do armazenamento das informações em um único local, centralizando-as, são trazidos pelo prontuário eletrônico, que não apenas reúne dados com a eficiência e o sigilo necessários, mas também otimiza o acesso, que pode ser feito de qualquer local e a qualquer momento.

A mobilidade é, ainda, outro fator negativo do prontuário no papel. Ao longo do tempo de atendimento, cada médico vai acumulando fichas e mais fichas de todos os seus pacientes, dificultando grandemente a logística de armazenamento e transporte (e aumentando a chance de perda dos documentos). Um sistema informatizado armazena os dados digitalmente com segurança, eliminando a necessidade de espaço físico e transporte do papel.

Possibilidade de exclusão de dados importantes

Quando elaborado em papel, um prontuário pode não conter todas as informações relevantes ao tratamento do paciente. É comum (embora indesejável) que os médicos não repassem para os prontuário os resultados de exames. Embora seja obrigação do profissional construir um prontuário detalhado, é muito comum encontrar falhas deste tipo no atendimento, principalmente porque a ação é mais trabalhosa no papel e não há uma estrutura pronta a ser preenchida, o que gera inclusive o esquecimento de muitos dados importantes (o que configura um custo oculto do prontuário no papel).

No prontuário eletrônico, este preenchimento pode ser realizado de maneira ágil e precisa, otimizando o tempo do profissional e facilitando a atualização de todas informações essenciais para criar um histórico completo da saúde do paciente – o que certamente se reflete em uma melhoria significativa no atendimento.

Segurança comprometida

Por último, devemos falar da falta de segurança acarretada pelos prontuários no papel. Como são registrados em formulários avulsos e, normalmente, guardados no próprio consultório, não há nenhuma garantia  de que se possa  proteger os dados do paciente de um funcionário mal intencionado, por exemplo. Proteger a confidencialidade das informações, de fato, é tarefa bastante complexa quando consideramos as características dos prontuários físicos.

Os eletrônicos, por sua vez, apenas por  catalogarem dados de forma digital, já saem na frente com grande vantagem. Além disso, estes sistemas oferecem o recurso do backup automático, realizado de maneira periódica. O acesso ao conteúdo, ainda, pode ser limitado apenas aos profissionais envolvidos e autorizados por meio de senhas e outros mecanismos de segurança.

Em suma, os prontuários eletrônicos já são uma realidade inegável: com eles, todas os dados podem ser geridos de forma simples e digital, excluindo os perigos trazidos pelos documentos de papel. No sistema informatizado, o acesso ao prontuário é feito via Internet, e o profissional se conecta a uma área  privada inserindo seu login e senha.  Por meio do armazenamento em nuvem (ou seja, online), o profissional pode ter acesso aos registros de todas as consultas daquele paciente, resultados de exame, medicações que não devem ser prescritas e toda sorte de conteúdo relevante para promover um bom acompanhamento médico.

Desta maneira, o prontuário eletrônico entra em cena como a solução para todos os perigos e desvantagens trazidos pelos modelos tradicionais de papel. Mudar pode pode ser trabalhoso e exige o treinamento da equipe, mas os benefícios da implantação de um sistema informatizado não podem mais ser ignorados no contexto atual – atualize sua clínica, diga não aos métodos arcaicos de registro de dados e dê mais um passo em direção ao futuro do atendimento médico!

Confira nossa proposta comercial!

Dr. Leonardo Alves
Siga-me

Dr. Leonardo Alves

Médico, Cardiologista, Estudioso de SUS e Informática médica.
CEO/Diretor da empresa MeuProntuário.net.
Dr. Leonardo Alves
Siga-me
Shares
Share This

Gostou? Compartilhe!

Compartilhe esse post com amigos!

Compartilhe!

Compartilhe esse post com amigos!

This is a demo store for testing purposes — no orders shall be fulfilled.