E-SUS, o grátis que sai caro!

E-SUS, o grátis que sai caro!

8 razões pelas quais você deve contratar um Prontuário Eletrônico! “Lembrando, a #7 é minha favorita!” 1 – O E-SUS não tem integração e importação automática com o CAD-SUS! Por quê sai caro? 90% da população brasileira já é cadastrada no CAD-SUS e sua cidade também deve apresentar o mesmo porcentual. Mas pelo fato do E-SUS não ter integração e importação automática com o CAD-SUS, você deverá organizar um verdadeiro “mutirão” de pessoas para cadastrar toda a população de sua cidade nos Prontuários Eletrônicos de cada UBS. Então, significa dizer que você e seu município farão um trabalho já feito. Esse cadastramento será feito manualmente, ou seja, “um por um” de todos os habitantes de sua cidade deverão ser cadastrados no E-SUS. O pior é que você tem um prazo curto de tempo para realizar esses cadastramentos e trabalho extremo. No entanto, contratando um sistema de Prontuário Eletrônico que importe automaticamente os registros previamente já cadastrados no CAD-SUS, você não terá qualquer tipo de gasto (contratação de mutirão de pessoas) e, é claro, transtorno. Para melhorar seu entendimento, veja: uma importação “automática” dos dados do CAD-SUS feita pelo sistema MeuProntuário. 2 – O E-SUS não atinge as necessidades cobradas pelo PMAQ – Acolhimento, Agenda Unificada e Prontuário Eletrônico!   Por quê sai caro? Não é novidade para ninguém que o PMAQ tem como objetivo principal melhorar a qualidade da Atenção Básica. Por isso, em meio às perguntas do Avaliador Externo (PMAQ), será cobrada a informatização (implantação de prontuários eletrônicos) em suas UBS’s. Porém, tome cuidado! O E-SUS não “prova” para o PMAQ que existe Acolhimento implantado em suas UBS’s, que deve...
Municípios recebem recursos para PAB Fixo

Municípios recebem recursos para PAB Fixo

O Fundo Nacional de Saúde (FNS) repassou nesta quinta-feira (22), R$ 403,2 milhões para os Fundos Municipais de Saúde. Os recursos são destinados ao Piso de Atenção Básica Fixo (PAB Fixo) e são referentes a janeiro (parcela 1/12). Esse piso é destinado ao custeio de ações de atenção básica à saúde cujos recursos são transferidos mensalmente, de forma regular e automática, do Fundo Nacional de Saúde aos fundos municipais. O detalhamento dos repasses poderá ser consultado no site do FNS: www.fns.saude.gov.br, no menu Repasses do Dia.   Garanta o Recurso R$ PMAQ no Seu Bolso.   Mais Informações: Central de Atendimento do FNS 0800 644 8001   ...
FNS transfere recursos para investimentos no SUS

FNS transfere recursos para investimentos no SUS

Mais de R$ 11 milhões destinados a investimentos na Rede Pública de Saúde foram repassados nesta quinta-feira (15), pelo Fundo Nacional de Saúde (FNS) a Fundos Estaduais e Municipais de Saúde. Os recursos serão investidos na estruturação de Unidades de Atenção Especializada em Saúde; estruturação de Serviços de Hematologia e Hemoterapia; programas de requalificação de UBS e construção de unidades de Pronto Atendimento e de Unidades Básicas de Saúde. O detalhamento dos repasses poderá ser consultado no site do FNS: www.fns.saude.gov.br, no menu Repasses do Dia.   Benefícios da Informatização? O Gestor Informatizado! Convença sua equipe? Como Licitar. Mais Informações: Central de Atendimento do FNS 0800 644...
Fundos Municipais de Saúde recebem recursos para pagamento dos Agentes Comunitários de Saúde

Fundos Municipais de Saúde recebem recursos para pagamento dos Agentes Comunitários de Saúde

O Fundo Nacional de Saúde (FNS) repassou nesta quinta-feira (8/01), R$ 268,9 milhões para os Fundos Municipais de Saúde. Os recursos são destinados ao pagamento dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e referem-se à parcela 12/2014. No processo de fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS), o Agente Comunitário de Saúde tem sido um importante ator, ao promover a integração da Atenção Primária à Saúde com a comunidade. Atualmente, mais de 310 mil Agentes Comunitários de Saúde em todo o Brasil desenvolvem ações de promoção e vigilância em saúde, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida das pessoas. A Lei 12.994, de 17 de junho de 2014, instituiu piso salarial nacional de R$ 1.014,00 (mil e quatorze reais) mensais e estabeleceu diretrizes para o plano de carreira desses profissionais. Benefícios da Informatização? O Gestor Informatizado! Convença sua equipe? Como Licitar. Mais Informações: Central de Atendimento do FNS 0800 644...
FNS conclui repasses do PAB-Variável

FNS conclui repasses do PAB-Variável

Nesta sexta-feira (9/01) o Fundo Nacional de Saúde (FNS) concluiu os repasses ao Piso da Atenção Básica Variável (PAB-Variável). Foram emitidas ordens bancárias aos fundos estaduais e municipais de saúde para custeio dos seguintes programas: Atenção Domiciliar (EMAD) Equipes de Saúde Bucal Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASF) Saúde da Família (PSF) Programa de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ). Além do PAB-Variável, o FNS transferiu ainda recursos ao Fundo de Ações Estratégicas e de Compensação (FAEC).   Benefícios da Informatização? O Gestor Informatizado! Convença sua equipe? Como Licitar.   Mais Informações: Fonte: FNS Central de Atendimento do FNS 0800 644...

This is a demo store for testing purposes — no orders shall be fulfilled.