Vacinas – Aplicando uma vacina.

Após conhecer as telas do sistema de vacinação, você verá como aplicar uma vacina do Calendário Básico de Vacinação. Você verá que aplicar um imunobiológico é uma tarefa bastante fácil com o uso do sistema MeuProntuario. Assista a apresentação, se tiver alguma dúvida, faça contato. Você poderá vacinar um paciente com uma vacina do Calendário Básico ou com qualquer outro imunobiológico da lista de imunobiológicos. A aplicação da vacina atualizará o relatório de BOLETIM MENSAL DE DOSES APLICADAS, pelo padrão do SIS-PNI (Ministério da Saúde). Nosso sistema está integrado ao estoque com redução automática dos dados e das doses aplicadas. Gostaria de conhecer o sistema? de fazer um teste? preencha o formulário abaixo: Formulário da web Empresa   : Primeiro Nome   : Sobrenome   : E-mail   : Telefone   : Celular   : O quê você precisa?   :     .length==0){alert(fldLangVal[i] +' não pode ficar em branco'); fieldObj.focus(); return false;}else if(fieldObj.nodeName=='SELECT'){if(fieldObj.options[fieldObj.selectedIndex].value=='-None-'){alert(fldLangVal[i] +' não pode ser vazio'); fieldObj.focus(); return false;}}}}} References   [ + ] 1. ↑ (fieldObj.value).replace(/^s+|s+$/g,...

Vacinas – Conhecendo a tela de vacinas

Nesta apresentação, você conhecerá a tela de vacinas do nosso sistema. Ela é integrada ao sistema de prontuário eletrônico e os dados sobre o paciente fazem parte de uma base única de usuários e pacientes. Não haverá necessidade de redigitação de nomes e dados sócio-econômicos, pois já foram importados automaticamente. Formulário da web Empresa   : Primeiro Nome   : Sobrenome   : E-mail   : Telefone   : Celular   : O quê você precisa?   :     .length==0){alert(fldLangVal[i] +' não pode ficar em branco'); fieldObj.focus(); return false;}else if(fieldObj.nodeName=='SELECT'){if(fieldObj.options[fieldObj.selectedIndex].value=='-None-'){alert(fldLangVal[i] +' não pode ser vazio'); fieldObj.focus(); return false;}}}}} References   [ + ] 1. ↑ (fieldObj.value).replace(/^s+|s+$/g,...

SI – PNI – Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (vacinas)

Apresentação O SI-PNI é um sistema desenvolvido para possibilitar aos gestores envolvidos no Programa Nacional de Imunização, a avaliação dinâmica do risco quanto à ocorrência de surtos ou epidemias, a partir do registro dos imunobiológicos aplicados e do quantitativo populacional vacinado, agregados por faixa etária, período de tempo e área geográfica. Possibilita também o controle do estoque de imunobiológicos necessário aos administradores que têm a incumbência de programar sua aquisição e distribuição. Controla as indicações de aplicação de vacinas de imunobiológicos especiais e seus eventos adversos, dentro dos Centros de Referências em imunobiológicos especiais. Benefícios Registra, por faixa etária, as doses de imunobiológicos aplicadas e calcula a cobertura vacinal; Fornece informações sobre rotina e campanhas, taxa de abandono e envio de boletins de imunização; Gerencia os atendimentos, o estoque e a distribuição dos imunobiológicos; Possibilita o controle das perdas físicas e técnicas de vacinas em todas as instâncias; Identifica as reações que estão ocorrendo pós vacinação, notificando os eventos adversos observados  nos usuários vacinados; Identifica de forma individualizada os usuários que receberam atendimento nos Centros de Referências de Imunobiológicos Especiais; Possibilita a padronização do perfil de avaliação. Funcionalidades Avaliação do Programa de Imunizações; Estoque e Distribuição de Imunobiológicos; Eventos Adversos pós-vacinação; Programa de Avaliação do Instrumento de Supervisão; Apuração dos Imunobiológicos Utilizados; Sistema de Informações dos Centros de Referência em Imunobiológicos Especiais.   Fonte:...

SIS-PNI Vacinas – O Programa nacional de Imunizações.

O PNI foi instituído em 1973 como uma forma de coordenar ações que se caracterizavam, até então, pela descontinuidade, pelo caráter episódico e pela reduzida área de cobertura. Estas ações conduzidas dentro de programas especiais (erradicação da varíola, controle da tuberculose) e como atividades desenvolvidas por iniciativa de governos estaduais, necessitavam de uma coordenação central que lhes proporcionasse sincronia e racionalização. A Lei nº 6.259, de 30/10/1975, regulamentada pelo Decreto nº 78.231, de 12/08/1976, institucionaliza o PNI e define competências que podem ser consideradas válidas até o momento: • implantar e implementar as ações do Programa, relacionadas com as vacinações de caráter obrigatório; • estabelecer critérios e prestar apoio técnico e financeiro à elaboração, implantação e implementação do programa de vacinação (…); • estabelecer normas básicas para a execução das vacinações; • supervisionar (…) e avaliar a execução das vacinações no território nacional(…); • (…) analisar e divulgar informações referentes ao PNI.” Fonte:...

This is a demo store for testing purposes — no orders shall be fulfilled.